quarta-feira, 30 de março de 2011

Ilha de Desordem é celebrado com generosidade

  Com muita satisfação que o GRUPOJOGO celebrou a parceria entre a vai!ciadeteatro através do projeto de Residências de Trabalho proposto pela Santa Estação Cia de Teatro para a Usina das Artes 2011.

Neste último final de semana o exercício cênico ILHA DE DESORDEM inspirado no poema 'Sangue na Sapatilha ou O Enigma da Liberdade' de Heiner Müller para Pina Bausch foi vivenciado com muita generosidade entres os grupos.
Obrigado a todos que participaram deste processo criativo.
Direção de João Pedro Madureira.
Com Alexandre Dill, Caroline Lazzarotto, Diego Bittencourt, Francisco Gick, Gustavo Susin, Igor Pretto, Junior Grandi, Laura Leão, Leo M...aciel, Lucas Sampaio, Thainá Gallo, Vicente Vargas e Vinícius Meneguzi.
Preparação Corporal de Alexandre Dill
Assistente de direção Sofia Ferreira
Iluminação Igor Pretto
Pesquisa de Trilha Sonora João Pedro Madureira
Vídeos Eduardo Dall Agnol e Gabriel Bolfoni
Ilustrações Juan Manuel Wolcoff
Produção vai!ciadeteatro e GRUPOJOGO
Fotos de Betânia Dutra.

domingo, 27 de março de 2011

ÚLTIMO DIA PARA ASSISTIR O EXERCÍCIO CÊNICO "ILHA DE DESORDEM"

FOTO: Leo Maciel
ILHA DE DESORDEM

Hoje às 19 horas
sala 309 da Usina do Gasômetro

ENTRADA FRANCA

“Sangue na Sapatilha ou o Enigma da Liberdade”, escrito por MÜller em 1981 , parte de uma lembrança infantil, a brincadeira de “esconde esconde”, para compreender uma determinada visão da realidade. A partir desta imagem, os atores e criadores do GRUPOJOGO e VAI! mergulham no universo das possibilidades do jogo, em uma investigação onde a linguagem da dança e do movimento definem sua estética. Fragmentos de textos de diferentes autores permeiam o trabalho, alicerçado na expressividade resultante da mistura das diferentes técnicas utilizadas pelos dois grupos.

Direção: João Pedro Madureira
Preparação Corporal: Alexandre Dill
Assistência de Direção: Sofia Ferreira
Elenco: Alexandre Dill, Caroline Lazzarotto, Diego Bittencourt, Francisco Gick, Gustavo Susin, Igor Pretto, Junior Grandi, Laura Leão, Leo Maciel, Lucas Sampaio, Thainá Gallo, Vicente Vargas e Vinícius Meneguzzi.
Iluminação: Igor Pretto

sábado, 26 de março de 2011

ESTREIA HOJE ILHA DE DESORDEM NA 309 DA USINA DO GASÔMETRO



ENTRADA FRANCA

“Sangue na Sapatilha ou o Enigma da Liberdade”, escrito por MÜller em 1981 , parte de uma lembrança infantil, a brincadeira de “esconde esconde”, para compreender uma determinada visão da realidade. A partir desta imagem, os atores e criadores do GRUPOJOGO e VAI! mergulham no universo das possibilidades do jogo, em uma investigação onde a linguagem da dança e do movimento definem sua estética. Fragmentos de textos de diferentes autores permeiam o trabalho, alicerçado na expressividade resultante da mistura das diferentes técnicas utilizadas pelos dois grupos.

Direção: João Pedro Madureira
Preparação Corporal: Alexandre Dill
Assistência de Direção: Sofia Ferreira
Elenco: Alexandre Dill, Caroline Lazzarotto, Diego Bittencourt, Francisco Gick, Gustavo Susin, Igor Pretto, Junior Grandi, Laura Leão, Leo Maciel, Lucas Sampaio, Thainá Gallo, Vicente Vargas e Vinícius Meneguzzi.
Iluminação: Igor Pretto

sexta-feira, 25 de março de 2011

GRUPOJOGO & vai!ciadeteatro HOJE NA USINA POLIFÔNICA

Primeira edição da Usina Polifônica 2011 acontece na sexta






A primeira Usina Polifônica deste ano marca a abertura oficial do projeto Usina das Artes 2011 e homenageia os 239 anos de Porto Alegre. O espetáculo acontece na próxima sexta-feira, dia 25, às 19h, no térreo da Usina, e tem entrada franca.

Na Usina Polifônica, os grupos participantes do projeto Usina das Artes juntam-se para realizar amostras do trabalho que desenvolvem nos espaços do Centro Cultural Usina do Gasômetro. Os destaques desta edição ficam por conta das vinhetas musicais da banda “Os Capotrastes”, que introduzem as performances dos nove grupos do Usina das Artes, e do fechamento com o Depósito de Teatro, quando o público será convidado a participar da Farra de Teatro no estacionamento da Usina.


Programação Usina Polifônica


Grupo dos Cinco: “Você tem fome de quê?”, performance que trata do preconceito.


Eduardo Severino Cia. de Dança: “Glórias do Corpo”, fragmento do espetáculo.


Neelic: “7 em 7”, performance onde são feitas colagens de cenas de peças do grupo onde são apresentadas energias cênicas.


Ânima Cia. de Dança: “De um a Cinco”, dança de trio em cima da relação de corpos que dependem da confiança para enfrentar o risco.
Cultura Rock Club Coletivo de Arte: “O Verme”, performance de teatro experimental com cacofonia.

Teatrofídico
: “Dragões”, fragmento do processo de criação do espetáculo, livremente inspirado em “Os Dragões não conhecem o Paraíso”, de Caio Fernando Abreu.
GRUPOJOGO e vai!ciadeteatro: “Ilha de Desordem”, exercício cênico livremente inspirado no poema “Sangue na Sapatilha ou o Enigma da Liberdade”, feito por Heiner Müller para Pina Bausch. direção: João Pedro Madureira


Teatro Sarcáustico: "Projeto Não-Eu: Eu sou Narciso", experimento performático que integra a pesquisa de mestrado do ator e diretor Daniel Colin. Tal pesquisa, de caráter teórico-prática, se centra nos processos de criação do performer tendo o próprio corpo do artista como objeto de estudo. Investiga em que medida – e através de quais procedimentos - o performer consegue desconstruir/corrigir/transformar/reconstruir seu próprio corpo.


Depósito de Teatro: “Farra de Teatro”, uma cena desse grande espetáculo inspirado na Farra dos Atores, de Márcio Viana.


O projeto

A Polifônica acontece na terceira sexta-feira de cada mês, sempre com performances inéditas. Traz ao público a riqueza do processo continuado de desenvolvimento de linguagem realizado por cada coletivo do projeto Usina das Artes, que há cinco anos trouxe à Usina do Gasômetro o princípio de território cultural. Nesse período, a iniciativa realizou cerca de 10 mil atividades, entre os grupos integrantes, convidados e parceiros.


Serviço
O quê: Usina Polifônica – Grupos Usina das Artes
Quando: 25 de março, sexta-feira
Horário: 19h
Onde: Usina do Gasômetro – hall do térreo
Entrada Franca

ILHA DE DESORDEM

Exercício cênico inspirado em poesia de Heiner Muller
tem duas apresentações na Usina do Gasômetro


O GRUPOJOGO de ExperimentAção Cênica e a VAI! CIA DE TEATRO apresentam nos próximos dias 25 (pockett na Usina Polifônica), 26 e 27 de março (íntegra) às 19h na sala 309 da Usina do Gasômetro o resultado de uma investigação cênica coletiva livremente inspirada no poema “Sangue na Sapatilha ou o Enigma da Liberdade” do dramaturgo alemão Heiner Muller, em dedicatória a coreógrafa e bailarina alemã Pina Bausch.

Dirigido por João Pedro Madureira, o exercício cênico celebra a parceria entre os dois grupos convidados da Santa Estação Cia de Teatro no projeto Usina das Artes 2011, coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre. O trabalho em conjunto teve início em fevereiro com laboratórios de livre criação, gerando aos integrantes das duas companhias uma importante troca de vivências e metodologias de trabalho.

“Sangue na Sapatilha ou o Enigma da Liberdade”, escrito por Muller em 1981 , parte de uma lembrança infantil, a brincadeira de “esconde esconde”, para compreender uma determinada visão da realidade. A partir desta imagem, os atores e criadores do GRUPOJOGO e VAI! mergulham no universo das possibilidades do jogo, em uma investigação onde a linguagem da dança e do movimento definem sua estética. Fragmentos de textos de diferentes autores permeiam o trabalho, alicerçado na expressividade resultante da mistura das diferentes técnicas utilizadas pelos dois grupos.

Direção: João Pedro Madureira
Preparação Corporal: Alexandre Dill
Assistência de Direção: Sofia Ferreira
Elenco: Alexandre Dill, Caroline Lazzarotto, Diego Bittencourt, Francisco Gick, Gustavo Susin, Igor Pretto, Junior Grandi, Laura Leão, Leo Maciel, Lucas Sampaio, Thainá Gallo, Vicente Vargas e Vinícius Meneguzzi.
Iluminação: Igor Pretto
------